Resenha: James Tooley – The Beautiful Tree

The Beautiful Tree

“Não existem escolas privadas para os pobres, escolas privadas são para os ricos” é provavelmente a frase que James Tooley mais ouviu durante sua jornada. O livro é o relato do autor durante suas pesquisas sobre escolas privadas para o Banco Mundial na Índia. Enquanto governos, pesquisadores, educadores, artistas e instituições procuram uma forma de educar crianças pobres, Tooley descobriu que a solução já existe.

A descoberta feita na Índia é a existência de escola privadas de baixo custo nas periferias das grandes cidades e em regiões rurais. A equipe de Tooley encontrou essas escolas privadas, além da Índia, na Nigéria, em Gana, no Quênia e, surpreendentemente, na China. A existência destas escolas coloca em cheque as quantias bilionárias que são enviadas ao terceiro mundo visando financiar o acesso à escola. O dinheiro é consumido pelas políticas públicas de educação. O direito à educação tem sido o mais defendido, e os países pobres querem demonstrar que estão agindo para sanar este déficit.

Como as pessoas mais pobres estão educando a si mesmas? Estão escolhendo colocar seus filhos, não por ignorância, em escolas não governamentais. Tooley, em sua jornada, tenta compreender este fenômeno não devidamente relatado pelo Banco Mundial e pesquisadores, e desconhecido e ignorado pelos governantes.

A discussão recai sobre a abordagem liberal da educação contra a abordagem social da educação. Se nos lugares mais pobres do mundo as famílias estão decidindo não colocar seus filhos em escolas gratuitas, não há motivo para requerer uma educação ampla. Ao longo do livro são investigadas a qualidade das escolas, dos professores e os motivos que levam os pais a preferirem as escolas privadas às públicas.

É na contramão de todos que Tooley demonstra que os pobres estão educando a si mesmos. Tal ensino não possui apenas um lado altruísta, mas a busca por pequenos lucros tem encontrado um mercado formado por pais que se decepcionaram com a maneira na qual o ensino público funciona. A mistura do espírito empreendedor com o amor dos pais pelos seus filhos foi encontrada em lugares remotos do planeta. Esta mistura é, para o autor, um caminho para acabar com a defasagem escolar em locais desfavorecidos socialmente.

 

James Tooley. The Beautiful Tree: a personal journey into how the world’s poorest people are educating themselves. Washington, D.C.: Cato Institute, 2009