Lei antifumo federal

Senado aprovou e agora a lei antitabaco aguarda aprovação da presidente.

É bem interessante ver como funciona a mente dos políticos. Pensam-se donos de tudo. Querem legislar até mesmo em locais nos quais não são bem vindos, os locais privados.

Além de marginalizar os fumantes, o que mais acontecerá com a medida? Obviamente que o consumo não irá diminuir como os defensores da saúde pública defendem. O aumento do preço do cigarro incentivará o contrabando e a porcentagem de cigarros paraguaios irá aumentar.

Se o grande argumento é acerca do fumo passivo, é preciso divulgar o relatório da OMS, publicado no Journal of the National Cancer Institute em 1998, no qual o fumo passivo não causa câncer.

Se o argumento é o custo público, basta fazer contas simples para concluir o que o movimento Fumante Unidos concluiu: “o imposto que cada fumante brasileiro paga apenas sobre os cigarros é mais do que suficiente para cobrir o seu próprio custo ao Governo Federal, e o dinheiro que sobra ainda pode financiar quase metade do que a União gasta com a saúde da população não-fumante.”

A única justificativa restante é a prepotência e a psicopatia em querer controlar a vida de terceiros.

Eu defendo e convoco todos aqueles que possuem estabelecimentos a proibir a entrada de políticos, a pior droga existente neste país.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s