Chega de transportar peso: a polêmica da garupa

Foi aprovado pelos deputados de São Paulo o projeto de lei que proíbe que nos dias úteis motociclistas levem alguém na garupa. A justificativa é diminuir o número de assaltos realizados no trânsito e também diminuir o número de mortes. A lei ainda precisa ser aprovada pelo governador Geraldo Alkmin.

Jooji Hato, o inventor dessa lei ridícula, disse para a reportagem do Jornal da Globo da noite do dia 23 de novembro que foi assaltado por um garupa de motocicleta e não quer que ninguém passe pelo o que ele passou. Bom, o Jooji Hato recebe salários provenientes do pagamento de impostos há vários mandatos. Por que ele não passa uma lei proibindo a existência de deputados para que no futuro as pessoas não passem pelo assalto que as vossas excelências executam todo o mês ao receber salário à custa de nosso suor?

Se há algo que precisamos é acabar com esses políticos que querem ficar na nossa garupa. Somos adultos, responsáveis e a motocicleta é nossa. Daqui a pouco vão proibir a circulação de todas as motos, mas é melhor não dar ideia para políticos desocupados, inúteis e que são apenas um peso extra, bem diferente daquelas pessoas que necessitam de uma carona para trabalhar, estudar, enfim, fazer algo mais útil do que inventar restrições às liberdades de terceiros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s